07 fevereiro 2014

Dieta/Saúde e Bem estar

Dieta/ Saúde e Bem estar:  Hábitos Alimentares

Não sou do tipo de pessoa que é obcecada por dieta ou que é adepta de dietas radicais. Sou apologista de que mais vale comer do que passar fome, e que quando comemos um pouco menos daquilo que necessitamos para gastar conseguimos manter o peso, que não custa nada escolher a salada no lugar de frituras, os legumes no lugar das gorduras e que um bom bife contém um conjunto de aminoácidos que os seus músculos depois de um dia de treino no ginásio vão agradecer te. Ficar muitas horas sem comer pode ser prejudicial a sua saúde, podendo até desenvolver uma diabete. O ideal é pequenas refeições varias vezes ao dia, num intervalo de 2horas ou 3 horas.
Antes de se iniciar qualquer dieta, é necessário que quem a vai iniciar, analise quais os hábitos que tem e que podem tirar partido disto, desde que não favorece a obesidade.
Por exemplo: não praticar exercício físico, ingerir alimentos muito condimentados ou muito açucarados.
A pessoa que está mais preparada para começar uma dieta é aquela que está consciente dos seus erros e está disposta a corrigi-los.
Emagrecer rapidamente acarreta riscos para a saúde. Evite suprimir o pequeno-almoço. È pela manhã que o seu organismo está mais carente de nutrientes. Coma bem, sem pressa, sentado e mastigando bem os alimentos em pequenas quantidades. Não passe muitas horas sem comer, ou passar o dia a petiscar, este tipo de comportamento contribui para o aumento de peso.
Não coma desnecessariamente. Ao primeiro sinal de estar saciado. Levante-se da mesa.
Evite os alimentos ricos em açúcar de rápida assimilação (gelados, pastelaria, rebuçados e gomas). Evite os doces entre as refeições. Substitua por doces naturais. Evite tomar sobremesa após as refeições. O açúcar branco está proibido. Para adoçar, utilize açúcar de cana integral. Evite os produtos lácteos de origem animal e substitua por bebidas e iogurtes de soja de origem vegetal. Se tem preferência pelos lácteos de origem animal use os magros com 0% de gordura.
Modere a quantidade de sal na preparação das refeições de preferência utilize sal marinho integral. Evite alimentos enlatados, fritos e refinados.
Beba 1,5l a 2l de água ou chá de plantas naturais diariamente, entre as refeições. Esta é uma das melhores maneiras de reduzir a acumulação de líquidos no corpo e permitir a eliminação de toxinas e outras impurezas.
Tome três a quatro refeições equilibradas por dia, mastigando bem. Faça várias refeições ligeiras ao dia e pobres em gordura. Desta forma irá estimular o seu metabolismo e facilitará queima de calorias durante o processo digestivo. Comer pouco e com frequência. O excesso de alimentos numa refeição, produz uma secreção insulínica excessiva que favorece acumulação de gorduras nos tecidos.
A fruta deve ser consumida fora das principais refeições acompanhada com pão ou tosta integral e os sumos de frutas devem ser sempre naturais.
Ingira fibras. Aumente o consumo de legumes, saladas e frutas. As fibras vegetais associadas a uma cura de emagrecimento  regularizam o trânsito intestinal e evitam a obstipação. A ingestão de fibras antes das refeições, pode diminuir o apetite e dar uma sensação de saciedade.
Prepare os alimentos, ao vapor, estufados, grelhados ou assados no forno. Use como tempero o azeite puro e sumo de limão ou vinagre de maçã. As sopas devem ser caseiras, preparadas com verduras frescas. Não é aconselhável cozê-las em excesso, já que podem perder as suas propriedades.
A refeição da noite deve ser sempre ligeira. Nunca se deite sem ter feito a digestão. O ideal é jantar duas horas antes de deitar. Deixe que a sensação de “caber” dentro da roupa seja o seu guia, pois perder volume não implica necessariamente perder peso.
O pão, o arroz e as massas, devem ser integrais. Prefira o arroz integral e massas integrais são mais saudáveis. Mas se preferir o arroz, pão e massas refinados não há problema algum desde que come entre 2 e 3 colheres no máximo. Modere o consumo de álcool, prefira os sumos naturais sem açúcar, ou chá de plantas naturais. Uma taça de vinho tinto não faz mal a ninguém, o teu coração vai adorar os efeitos antioxidantes cardio protector.
Diminua o consumo de carnes vermelhas e tente optar pelas brancas ou por alternativas saudáveis, vegetais (tipo soja) sem colesterol e sem gorduras. As proteínas retirada dos alimentos é muito saudáveis para o aumento da massa muscular, uma pele mais tonificada fica longe das rugas e flacidez.Tente ao longo do dia controlar as calorias anotando tudo que come. Hoje em dia é muito fácil, as embalagens dos alimentos vem sempre uma tabela nutricional com os valores médios de 100gr.




                                                 “Lembre-se: Nós somos aquilo que comemos”

                                                                             Take care 
                                                                            beijo amores
                                                                           Francini Soares