18 outubro 2014

# Inspiração: Portas "Qual é a sua??"

Eu sou feita de madeira
Madeira, matéria morta
Mas não há coisa no mundo
Mais viva do que uma porta.

Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho
Eu abro bem com cuidado
Pra passar o namorado
Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira
Eu abro de supetão
Pra passar o capitão.

Só não abro pra essa gente
Que diz (a mim bem me importa...)
Que se uma pessoa é burra
É burra como uma porta.

Eu sou muito inteligente!
Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel
Fecho tudo nesse mundo
Só vivo aberta no céu!

Vinicius de Moraes











 Uma porta é tão importante numa casa, ela transmite proteção, acolhimento, refúgio e muitas vezes prisão. Passamos a vida abrir e a fechar portas, e sempre com a esperança que uma nova possa se abrir. Ao longo da nossa vida acumulamos várias portas, a porta da inocência, a porta da sexualidade, a porta do amor, a porta das oportunidades, a porta na hora certa, a porta amiga, a porta da realização, a porta dos desgostos, a porta da ilusão, a porta da família (existem tantas portas que não posso colocá-las todas aqui). No caminho acabamos por abrir portas na hora certa e outras na hora errada. Mas o importante é que sempre aprendemos qualquer coisa; mesmo com aquelas pessoas que são burras como uma porta. E se durante a minha caminhada as portas se fecharem, sei que uma janela vai se abrir.....

Francini Soares