01 fevereiro 2015

# Rodar o mundo...



Oh mundão, gostava de pegar a estrada e não ter dia e nem hora para voltar. Fazer uma viagem sem destino certo e deixar-me embriagar de tanta natureza. Renovaria os meus pulmões de tanto apanhar ar puro. Iria calejar os pés de tanto andar descalça, mas renovaria toda a minha energia de tanto sentir a terra molhada. Lavava a alma na cascata mais fria, e dourava os cabelos no mais lindo nascer do sol... Viver despreocupada e encantada com cada detalhe. Um dia quem sabe, embarco numa aventura assim...