25 julho 2014

Viagem: Indonésia "Bali e Gili Trawangan"!! Uma viagem inesquecível......

Olá amores, no post de hoje sobre viagem vou falar da Indonésia, específicamente de "Bali e Gili Trawangan"! Quando se fala em Indonésia vem logo na nossa mente aquelas águas transparentes e azul turquesa, mas esta magia  pode acabar assim que pisar no aeroporto de Dempasar. Um calor abafado, o vento é quente, parece que naquele lugar não existe um brisa fresquinha. Chegando no aeroporto fomos tratar logo do visto para entrar, o visto só é permitido por 30 dias e  é improrrogável e não poderá ser convertido em um visto diferente. O sistema de aquisição do visto leva cerca de 3-5 minutos por candidato. Há 6 caixas para pagamento, um banco e uma Casa de Câmbio, criada para processar pagamentos.
Depois de ter pago e estar com o recibo, será necessário requisitar o seu visto na imigração, onde serão tratados os cidadãos dos países de entrada livre, que já possuem o visto e os que necessitam retirar o visto na hora, ou seja antes de entrar na Indonésia. Seu passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses a contar da data de entrada em Indonésia, e você deve ter prova de passagem (ou retorno ou através de bilhetes).
Se você não pode cumprir esses dois requisitos, pode não ser autorizados a entrar no país.
É aconselhado a mudar o seu dinheiro para Dolar Americano (US$) ou Euros (€) antes de chegar em Bali para pagar o seu visto na chegada.
O Trânsito de Bali foi o mais caótico que vi até hoje, tirando o de Marrocos que também é de doídos..... A diferença é que em Bali é muito mais pessoas a conduzirem e assim você leva um tempão para chegar em qualquer lado. Depois de enfrentar o clima abafado, o trânsito de enlouquecer qualquer um, chegamos no Hotel. Que maravilha...........
Foi exatamente como imaginei, piscina de frente para o quarto com entrada direta, casa de banho panorâmica (banheiro), cama grande e confortável.....perfect!! Até chegar na primeira praia e constatar realmente que era uma terra de surfistas e que o mar era super perigoso com ondas fortíssimas que mal conseguia por os pés na água em algumas praias.rsrsrsr
"Eu sou do tipo medrosa e por isso não arrisco me muito no mar sem ter a certeza que é seguro para mim."
Mais mesmo assim Bali teve os seu encantos, muitos verdes,plantações de arroz, praias lindíssimas, muita cultura, muitos templos, pessoas amáveis e de bom coração, comida barata e muita diversão.
Em Bali é possível encontrar desde produtos das mais famosas marcas mundiais até artesanato e obras de arte vindas das mais diversas regiões da Indonésia. 
Babi Gurlin - comida típica balinense baseada em carne de porco (babi em Bahasa) e arroz. Facilmente encontrada pelas ruas de Dempasar e Nusa Dua
Nazi Goreng Ayam ou Sea food - Nazi, que significa arroz é uma comida fácil de encontrar, muitas pousadas oferencem estes pratos que são acompanhados com frango e vegetais, para o Nazi Goreng Ayam, ou frutos do mar e vegetais para o Nazi Goreng Sea food. Você pode optar pelo Mie Goreng, que é o mesmo tipo de prato, porém Mie significa Macarrão.
Além de Bali conhecemos uma outra ilha da indonésia "Gili Trawangan" esta sim superou as minhas espectativas. Gili é o destino mais escolhido pelos os mochileiros e também de muitas famílias de diversas idades. Na ilha não existe carros, o transporte é feito de bicicletas ou de charretes com pôneis. Em apenas uma hora consegue percorrer a ilha toda de bicicleta. A água é transparente e azul turquesa como imaginei e sua areia tão branca como o pó. No hotel ficamos em um Bungalow super confortável e aconchegante. A noite havia muitos restaurantes com músicas que animavam a ilha. Eu poderia estar aqui a falar muitas coisas de Bali e Gili e precisaria de muitas páginas. Se teve alguma coisa que odiei em Bali?? Sim, teve...os macacos! Fomos ao templo do Uluwatu, os guias dizeram nos para comprar comida para dar aos macacos e assim eles ficavam afastados de nós ( e não nos roubava a máquina fotográfica, os óculos, o boné etc...). Entro eu com um sarongue e meu marido também ( era obrigatório o uso, forma de respeito ao templo) até ai tudo bem, quando os macacos me avistaram com dois pacotes de biscoitos....... Oh my god!! Eles avançaram em cima de mim, quase roubaram os óculos de sol e o boné do meu marido.....foram 20 minutos de pânico da minha parte porque o André nem se abalou com a macacada! Bem, resumindo visitei o templo todo a chorar ...kkkkkkk
As viagens tem por vezes esses imprevistos, mas amei tudo e deixo aqui algumas fotografias de tudo que vive por lá...

BALI





























GILI TRAWANGAN












I love it...
beijo amores
Francini Soares